Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário Medicina Preventiva

Uma intensa viagem pelo dia-a-dia de uma estudante de Medicina e, além disso, algumas indicações sobre a importância da prevenção para preservarmos a nossa saúde.

Diário Medicina Preventiva

Uma intensa viagem pelo dia-a-dia de uma estudante de Medicina e, além disso, algumas indicações sobre a importância da prevenção para preservarmos a nossa saúde.

09.Mai.07

TRABALHAR EM EQUIPA

O Seleccionador Nacional da Selecção de Râguebi, Tomaz Morais, foi hoje convidado a dar o seu testemunho numa aula de Introdução à Medicina sobre trabalhar em equipa. E foi muito além de um testemunho, deu-nos uma verdadeira lição de vida sobre a importância das relações que estabelecemos e da força que elas nos dão para vencer.

É óptimo se uma equipa for constituída pelos melhores especialistas, os mais dedicados, os mais competentes, os mais capazes, … Mas se a equipa, em vez de funcionar como um todo, estiver fragmentada, dividida, um verdadeiro caos, em que cada um luta individualmente para se afirmar e para evidenciar as suas capacidades… o mais certo é não se obter sucesso.

Assim, e porque trabalhar em equipa não só é necessário para vencer na selecção de râguebi, como também é exigido, todos os dias, aos médicos, é importante que guardemos este espírito de equipa, esta força de colaboração e de entre-ajuda e esta consciência de que se queremos ser verdadeiramente bons médicos, teremos de estar unidos e de saber trabalhar como equipa.

Trabalhar em equipa inclui sempre que as pessoas dessa mesma equipa se conheçam bem entre si, que confiem umas nas outras, que cada um reconheça as suas capacidades, mas também os seus limites. É necessário a definição de objectivos, de metas a alcançar. E depois é percorrido todo um caminho que, quando percorrido em união, pode levar ao sucesso, ou seja, à concretização dos nossos objectivos.

Um cirurgião tem de trabalhar em equipa no bloco… com o anestesista, com os auxiliares, com os estagiários, com as funcionárias de limpeza do bloco, com os enfermeiros…

Um médico de família tem de trabalhar em equipa com os outros médicos desse centro na partilha de informações, de dúvidas, experiências… E também trabalhar em equipa com outros especialistas, quando é caso disso.

Trabalhar em equipa é fundamental para vencer. Nunca nos podemos esquecer desta enorme lição de vida!

 

Afinal, haverá assim tanta diferença entre estas duas equipas?

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.